Vereador denuncia situação do Bairro Nova Esperança e cobra compromissos da atual administração

 

Publicado em: 15/03/2011 15:17

Whatsapp

 

As chuvas que caíram em Várzea da Palma durante o carnaval e continuaram logo após, além de melarem a festa de Momo na cidade – que segundo informações foi um fracasso – também deixaram as ruas do Bairro Nova Esperança em situação precária. O vereador Ataides Zuim afirmou que enxurradas deixaram crateras imensas naquele bairro, afundamento na rede de esgoto, destruição do asfalto feito recentemente pela Prefeitura e muita indignação dos moradores. Como se sabe, o Prefeito Luiz Antônio realizou metade do asfalto no bairro, às pressas devido a eleição, e não mais retornou ao local para a conclusão, ficando as ruas asfaltadas pela metade. Como já se comprovou, o serviço foi de qualidade duvidosa, muitas ruas estão esfarinhando, com afundamentos devido a rede de esgoto. Sem ter sido feito o meio-fio, muitas delas estão sendo destruídas pelas enxurradas. Nas ruas da cidade a buraqueira retornou com força redobrada prejudicando o trânsito e deixando um rastro de cascalho e sujeira. Parece que tapam buracos com material inconsistente que diante de qualquer chuvinha desmancha e deixa as crateras à mostra. A atual administração parece ter boa vontade, se esforça, mas a demora em concluir as obras iniciadas deixa o Prefeito em maus lençóis com a opinião pública. Com as chuvas a situação das estradas rurais e do transporte escolar poderá ficar crítica. O vereador Washington Paco-Paco afirmou que seis máquinas estão prestando serviços no momento. Pediu ao Prefeito que faça a colocação de placas e sinalização nas ruas da cidade. O vereador Jairo da Barra pediu que as máquinas que estão em Guaicui não sejam retiradas e permaneçam lá para término dos serviços. Pediu também que sejam colocadas as placas de sinalização também em Guaicui. O vereador Wemerson Azevedo afirmou que o Prefeito pretende construir a Rodoviária da cidade, não informando detalhes sobre o projeto e o local da obra. Semana passada foram demolidas os restos da antiga rodoviária na Av. Adelino Aguiar. Ataides Zuim afirmou que obras como o asfalto do Bairro Nova Esperança, Rua Emboabas e a rotatória da MGT-496 seguem a passo de tartaruga, a conta-gotas. Outras ficaram abandonadas, como a Praça do Espelho D’Água na área da Estação, que agora é chamada de “Piscinão da Dengue”. A iluminação do trecho urbano da MGT-496 é exceção e está quase concluída. Quem executa é uma empresa contratada pela CEMIG. Quanto à rotatória comenta-se que a empresa faliu e abandonou a obra. A população fica desinformada, ninguém explica nada. Com a demora, vem a chuva e deteriora grande parte do que já foi feito, elevando o custo da obra e deixando os moradores indignados, revoltados e em completo descrédito. O vereador Ataides afirmou que o prazo de conclusão das obras vence no dia 03 de junho. Vejam as fotos do Bairro Novo Esperança e outras. OBS: as fotos do Bairro Nova Esperança foram cedidas pelo Sr. Edmilson Soares da Silva.