Flagrantes da semana em Várzea da Palma - Utilidade Pública

 

Publicado em: 05/03/2010 10:02

Whatsapp

 

A reportagem do site da Câmara saiu às ruas de Várzea da Palma e rapidamente colheu alguns flagrantes que mostram situações que precisam melhorar em nossa cidade, com a atenção dos órgãos competentes da Prefeitura. 1- Acidentes Aumenta a cada dia o número de acidentes por veículos automotores nas ruas da cidade, principalmente envolvendo motos, bicicletas e pedestres. Melhor fiscalização, conscientização nas escolas, placas de sinalização podem ajudar e muito. Falou-se muito em fundar a Guarda-Mirim que poderia ajudar no trânsito, mas até hoje ficou só no projeto e nada. Trechos críticos são: Cruzamentos da Salvador Roberto com Dr. Malard, Dr. Malard com Joaquim Marques, extensão da Joaquim Marques até a rotatória da Santa, ruas do Bairro Pinlar que cruzam com a Tomás Antônio Gonzaga entre outras. Temos de parabenizar as equipes do SAMU e da PM que sempre atendem com  presteza e rapidez. 2 – Animais nas ruas Este problema é antigo, não é de agora, mas deve ser olhado com atenção pelo Órgão Responsável, com o recolhimento dos animais, principalmente cães e eqüinos. Vejam a tranqüilidade deste “burro” andando na Rua Joaquim Marques, pondo em risco motoristas e pedestres. E ele foi para o rumo da Prefeitura... 3 – Ruas intransitáveis e podridão Além das ruas que já receberam asfalto e estão esburacadas, temos o problema das novas ruas que são abertas, principalmente as do Bairro Planalto. A patrol passa no período de seca, vem a chuva e deixa as ruas intransitáveis, com lamaçais e lagoas imensas. Os moradores reclamam muito. Além disso, naquelas imediações jogam entulhos, animais mortos, carcaças. Os moradores reclamam também do mau cheiro, limpeza e querem o cascalhamento daquelas ruas. 4- Lama na porta do Joseph Hein Um grande lamaçal se formou no cruzamento da Rua Esmeralda com José Evangelista, em frente ao Ginásio Joseph Hein, deixando os alunos daquele educandário numa situação difícil para chegar até a escola. Barro e lama se formaram na rua. Uns 3 caminhões de cascalho que a Prefeitura colocar e compactar naquele trecho poderia ajudar e impedir que os alunos chegassem até a escola com os pés e uniformes sujos de barro e lama.